25 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
23/11/20 às 17h14 - Atualizado em 24/11/20 às 11h17

Administração recolhe mais de 20 toneladas de lixo

COMPARTILHAR

Combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti foi um dos objetivos da força-tarefa
 

A Administração Regional do Riacho Fundo I realizou nesta segunda-feira (23/11) um mutirão para retirada de entulhos e inseríveis das ruas da cidade. No total, mais de 20 toneladas de lixo foram recolhidas. Apesar de realizada diariamente pela equipe da Divisão de Obras, a ação de hoje chama a atenção pelo alto volume. Para a força-tarefa, foram utilizados quatro caminhões e uma pá mecânica. 
As quadras QS 02, QS 04, QS 06, QS 08, QS 10, QS 12 QS 14 e QS 16, além da QN 01, QN 03, QN 05, QN 07 e QN 09, estiverem entre as principais localidades atendidas. A limpeza também seguiu pela Área Central. Foram encontrados pedaços de madeira, isopor, caixas de papelão e 46 pneus. Restos de obras e móveis velhos como colchões, sofás e guarda-roupas foram outros itens deixados nas ruas pelos moradores ao longo do fim de semana. 
Além da limpeza e cuidado com a cidade, a administradora do Riacho Fundo I, Ana Lúcia Melo, ressalta que a retirada de entulhos e inseríveis também contribui para o combate ao mosquito Aedes aegypti, pois evita o acúmulo de águas e elimina possíveis focos. “Não mediremos esforços para deixar mais limpas e seguras as áreas públicas da nossa cidade. O descarte irregular de lixo pode causar muitos transtornos, como doenças diversas, proliferação de animais peçonhentos e do mosquito da dengue. Mas essa é uma luta de todos. Precisamos do apoio da população”, conscientiza.

LEGISLAÇÃO 
A legislação vigente referente à Fiscalização de Limpeza Pública prevê a aplicação de multas para quem for pego jogando lixo em área pública que pode variar de R$ 114 a R$ 11 mil. Além disso, é considerado crime jogar em terrenos baldios ou becos qualquer tipo de resíduo, seja domiciliar, comercial, industrial, entulho de obra, restos de poda de árvores e plantas, entre outros, conforme Lei Distrital nº 972, de 11 de dezembro de 1995.

SAIBA MAIS
Para solicitar a retirada de inservíveis, basta enviar um WhatsApp para a Administração Regional do Riacho Fundo I: 99125-9584.

 

 

Texto e foto: João Rodrigues – ASCOM – Administração Regional do Riacho Fundo I

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros