04 de fevereiro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
9/01/23 às 8h39 - Atualizado em 9/01/23 às 12h22

“Nossa gestão será pautada em ouvir a comunidade”, afirma Fernando Siqueira

COMPARTILHAR

Por João Rodrigues – ASCOM – Administração Regional do Riacho Fundo I.

 

Fernando Siqueira Guimarães assumiu o cargo de administrador do Riacho Fundo I com a missão de dar continuidade às conquistas realizadas pelo GDF nos últimos anos e ser “o braço do governo estendido na cidade”, nas palavras do governador Ibaneis Rocha. O trabalho integrado com as lideranças comunitárias e as ações conjuntas com os demais órgãos do Executivo local serão prioridades do novo gestor.

Na primeira semana de trabalho, Fernando Siqueira reuniu os servidores, ouviu sugestões e mapeou as principais ações para as próximas semanas. A melhoria na limpeza da cidade, reforço nas questões de drenagem para evitar transtornos neste período de chuvas, recapeamento de vias e operações tapa- buracos estão entre as metas iniciais.

Major da Polícia Militar do Distrito Federal, Fernando Siqueira é bacharel em Direito pela Universidade Católica de Brasília. Tem MBA – Master Business Administration – em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Cursou pós-graduação em Psicologia Social, das Organizações e do Trabalho pela Universidade de Brasília (UnB).

O novo administrador do Riacho Fundo I também concluiu Mestrado Profissional em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pela Academia de Polícia Militar do Barro Branco (PMESP). Além disso, foi Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar do DF, em 2020; e do 25º Batalhão de Polícia Militar do DF, em 2021. Alé disso, foi vetenano de missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2023, no Sudão do Sul.

Confira abaixo a entrevista concedida por Fernando Siqueira Guimarães para o site da Administração Regional do Riacho Fundo I.


Quais serão suas primeiras ações à frente da Administração do Riacho Fundo I?
Fernando Siqueira: Daremos continuidade ao que já estava sendo desenvolvido na cidade. Vamos observar o que, com baixo custo, nós podemos trazer de melhorias para a comunidade rapidamente. Também iremos iniciar reuniões com as lideranças, criar grupos de trabalho e ouvir a comunidade. Esse trabalho conjunto com lideranças comunitárias será uma das nossas principais metas.

 

O senhor assume o comando de uma administração que na gestão anterior acumulou a entrega de diversas obras e projetos importantes para a cidade. Nesse sentido, há alguma obra ou projeto que terá prioridade?
Fernando Siqueira: A construção da primeira creche pública e de mais uma escola classe na cidade é uma obra bastante aguardada e terá nossa atenção. Esse Centro de Educação para Primeira Infância (CEPI) será localizado na QN 09, próximo à Divisão de Obras. A entrega da obra do Viaduto será outra conquista para o Riacho Fundo I. Com o trabalho integrado com os demais órgãos do GDF, vamos atuar para dar a celeridade necessária que a população espera em outras obras e projetos.


Ao longo dos 32 anos de fundação, o Riacho Fundo I sempre teve problemas com o descarte de lixo. É comum ver bastante sujeira espalhada pelas esquinas, calçadas e áreas verdes da cidade. Como o senhor pretende enfrentar esse problema?
Fernando Siqueira: Faremos contato com o Serviço de Limpeza Urbano (SLU) para tentar otimizar o recolhimento e o transporte do lixo. Vamos analisar como a Administração pode auxiliar o SLU para aprimorar essa coleta. Também pretendemos fazer um processo de conscientização dos moradores. A população tem que saber o horário de recolhimento do lixo e a forma que é feito. Com isso, haverá uma reorganização e aperfeiçoamento da parceria entre a comunidade e o serviço de recolhimento do lixo.

O novo administrador do Riacho Fundo I vistoria obra de manutenção em parquinho da QN 01, próximo à UBS 02

 

O senhor tem formação em Master Business Administration (MBA) pela FGV, além de pós-graduação pela UnB e Mestrado. Como essa sua formação acadêmica pode ajudar na gestão da Administração do Riacho?
Fernando Siqueira: Nós temos formação em gestão, em planejamento, com foco em projetos. Sou especialista em prevenção criminal, que seria o braço mais importante da análise de ambiente, exame de situações que trazem sensação de segurança. Essas ações estratégicas diminuem o medo do crime sem, necessariamente, a presença física da polícia. Nós podemos fazer isso com a questão do reforço na iluminação pública de qualidade, por exemplo. Com a ideia de pertencimento da comunidade, a comunidade entendendo o seu papel dentro da segurança pública, entre outras ferramentas. Então, todo o meu inventário profissional, de 24 anos de serviço público, nós vamos colocar à disposição da Administração do Riacho Fundo I.

 

O senhor foi Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar do DF, em 2020; e do 25º Batalhão de Polícia Militar do DF, em 2021. Como a experiência no comando desses batalhões pode ser importante nesse novo desafio que é administrar uma cidade com mais de 70 mil moradores?
Fernando Siqueira: No 4º Batalhão, devido à pandemia, nós não podemos ter muito contato com a comunidade, mas no 25º, que cobre a área da Candangolândia, Park Way e Núcleo Bandeirante, nós iniciamos a Rede de Vizinhos Protegidos, a Rede de Comércios Protegidos, que é a participação da comunidade para entender o papel dela dentro da segurança pública. Várias ações que promovem a prevenção criminal são explicadas, detalhadas para a comunidade. Isso envolve todos os órgãos da Segurança Pública. A prevenção criminal deve ser trabalhada em rede, comunidade, poder público, sociedade civil. E, dentro do poder público, polícia, Administração Regional e os órgãos que servem à comunidade. Então, o papel da polícia é coordenar esse sistema, tendo em vista que nós estamos 24 horas na rua. Um exemplo disso é: colocar os policiais para fazer o mapeamento dos postes que estão inoperantes ou sem funcionamento. Basta informar à Neoenergia que eles fazem a troca. Vamos pautar nossa gestão nessa proatividade e no trabalho conjunto com os demais órgãos do GDF.

 

Uma das suas primeiras será organizar um café da manhã com as lideranças da cidade. Esse trabalho integrado com a comunidade será uma das marcas da sua gestão?
Fernando Siqueira: A ideia é desenvolver um projeto de cidade, um projeto apartidário, com a comunidade, com as lideranças, com quem desejar participar. Eu garanto que o cidadão que chegar à Administração Regional será extremamente bem recebido. Nós vamos montar um protocolo de acolhimento para receber bem o cidadão, que é o nosso papel, tratar muito bem o cidadão. O cidadão é a nossa prioridade. Além, é claro, da realização de ações itinerantes. O administrador estará na rua, acompanhando a vida da cidade, vendo as necessidades e analisando o que pode ser realizado a curto, médio e longo prazo.

Mapa do site Dúvidas frequentes